Giuliano Zampieri / Dança
CLOSE SEARCH

A RELAÇÃO ENTRE OS PARCEIROS DE DANÇA

parceiro

Sendo a dança de salão uma atividade feita a dois, no mínimo, sem dúvida nenhuma seria possível fazer vários comentários a respeito da relação entre os que a realizam conjuntamente.

E neste sentido, muito teria para ser dito se o objetivo fosse o de tratar exclusivamente o momento específico da dança, pois nisto estariam envolvidos a música, o toque, os movimentos, as emoções, as infinitas questões da mente…

No entanto, é interessante ver que a ligação entre os parceiros de dança é suscetível de adquirir uma grandeza capaz de transcender a ação direta de dançar e os seus ambientes.

Em outras palavras, a parceria na dança de salão tem a chance de ganhar um significado, uma complexidade e uma profundidade que vai além da duração de uma dança e venha englobar inúmeros assuntos.

Estes podem de se referir, por exemplo, aos porquês disso acontecer, ao que toca a convivência entre os seus praticantes e também ao que se relaciona aos motivos que fazem esta união ser tão especial da maneira que é.

Apenas para falar um pouco destes temas, seria oportuno começar analisando algumas razões que contribuem para que um parceiro seja extremamente importante para quem está na dança de salão.

Esclarecendo que dentre os incontáveis causas que fazem isso ocorrer, estão as que decaem sobre as emoções que as pessoas têm pela dança, de um modo direto, e as que são por questões de trabalho conectadas a esta arte.

Explicando melhor tudo isto, de início, somente no fato de alguém ter arrumado um parceiro de dança já está a indicação de que este tem um sentimento por esta, e que ela tem uma relevância para aquele.

Salientando, neste pensamento, que logicamente quanto maior for a estima pela dança, maior consideração terá o seu par, ressaltando que é possível que ele venha a ser a materialização de uma coisa que este ama fazer.

E além desse aspecto associado ao gostar da dança, o vínculo entre os dançarinos é capaz de ganhar contornos profissionais, se tornando uma relação de trabalho propriamente dita, o que pode fazer com que esta união tenha ainda mais valores incluídos.

Ou seja, quem é ou quer ser um profissional da dança de salão tem a chance de passar a ver o outro como fundamental para exercer o seu serviço, sendo alguém que demonstre a sua própria competência ou até se pareça com algo próximo a um instrumento de trabalho, sob esta visão.

Frisando que em todos estes casos, há inúmeros fatores presentes que fazem esta relação ser excepcional e específica, e que são altamente relevantes no tocante ao convívio dos parceiros.

Dentre estes, talvez a primeira e mais óbvia das causas disso acontecer se daria pelo fato destes passarem muito tempo juntos, o que já faz com que uma grande proximidade surja entre eles.

Ainda, por estes estarem na dança um com o outro, é presumível que eles estejam em uma caminhada evolutiva, na qual o objetivo seja o de crescer nesta atividade.

Elucidando que o progresso em tal arte requer que algumas barreiras sejam ultrapassadas, as quais, além de técnicas, envolvem questões mentais, espirituais, de comportamento, de personalidade…

Aí, com esta ligação bastante estreita e pelo motivo de que a dança pode aflorar os defeitos das pessoas e deixar estes mais visíveis, a fim de serem resolvidos, é possível que a relação fique mais difícil e complicada por isso.

Sendo interessante ver que o que influencia em tudo isso ocorre em razão dessa convivência trabalhar com assuntos transcendentais e artísticos, que são a dança e a música, o que faz com que uma sensibilidade maior seja despertada.

Isso fará com que tudo se torne mais intenso, o que certamente colaborará para que as pessoas fiquem mais suscetíveis às emoções que passarão a ter, inclusive às que relacionarem ao outro.

Por todas estas causas, o encontro destes pares é capaz de ser uma das coisas mais bonitas e delicadas dentro da dança de salão, pois devido a estes elementos que ela engloba, é admissível falar que não é fácil manter uma união assim.

Cabendo dizer que apenas com o que foi visto também é possível obter várias outras conclusões, como, por exemplo, que há uma enorme consideração pela dança, porque só por estarem juntos significa que os parceiros colocaram essa acima de todas as dificuldades envolvidas

Além disso, a manutenção de uma associação deste tipo demonstra a inteligência em relacionamentos, a qual não é somente teórica, mas prática e completa.

É por tudo isso que a relação entre os parceiros de dança é algo de imenso valor, e sempre quando vemos um casal dançando bem, podemos ter a consciência de que eles entenderam e passaram pelo que foi trazido e muito mais.

CATEGORIA: Dança de Salão

  1. Terezinha
    Muito bom!
    • Giuliano Zampieri
      Obrigado mesmo!!!